Empreender no sucesso

Abr 10, 2018

Empreender no sucesso é para muitos uma afirmação axiomática pois para a maioria das pessoas o sucesso é uma condição sine qua non do empreendedor.

No arquétipo coletivo ter sucesso é ser popular, ter muito dinheiro e, consequentemente, possuir muitos bens materiais. Para a construção desta imagem muito tem contribuído a comunicação social que replica de forma incomensurável o conceito do dinheiro associado ao sucesso. Via-se o empreendedor como alguém puramente preocupado com a solvabilidade da empresa e com o lucro e crescimento da mesma.

No entanto, ao longo dos últimos anos houve uma evolução dogmática muito interessante acerca do conceito de empreendedor e do seu papel na sociedade atual. Este desenvolvimento conceptual assenta numa nova visão que se quer para o mundo em geral e para as pessoas singulares e coletivas em particular.

Se na última década do século XX a vox populi assentava na geração de capital como uma das grandes necessidades da humanidade e aos empreendedores era dado o ónus de serem um dos principais geradores dessa riqueza, hoje na segunda década do século XXI as preocupações globais assentam no desenvolvimento sustentável e na massificação dos direitos sociais.

Aprendemos que para sermos felizes precisamos de muitos mais do que dinheiro e riqueza material. Deparámo-nos com a necessidade de ter sociedades justas e equitativas.

Contrariamente ao que se poderia pensar, mercê da crise que vivemos nas últimas décadas e do empobrecimento generalizado, continua a fazer sentido [1] empreender no sucesso.

A sociedade continua a precisar de ter empreendedores e de estimular práticas empreendedoras. Hoje, é comummente aceite que o empreendedorismo faça parte dos currículos escolares, pois percebeu-se que é essencial estimular a criatividade e a inovação junto das nossas crianças, adolescentes e jovens. O empreendedor continua a merecer o apreço e o estímulo da comunidade pois as suas práticas perpetuam a generosidade e a gratidão que é hoje tida como uma das características do empreendedor do século XXI que empreende no sucesso.

Hoje, nas escolas e nas universidades continua-se a perseguir o sucesso. No entanto, quando analisamos a forma como estas competências são adquiridas, percebemos que os direitos cívicos são transversais e que para se ser empreendedor há que ser bom cidadão tal qual o que habitava na Polis. A diferença é que a Polis hoje é para todas e para todos. Não há excluídos. Antes pelo contrário, a diversidade é bem vista e premiada.

A Humanidade vive um momento na sua história em que faz todo o sentido empreender no sucesso. De forma sustentável, solidária e igual.

A sociedade continua a precisar de empreendedores e continua a precisar de pessoas que têm sucesso! Para se desenvolver e gerar bem-estar para todas e para todos é fulcral que se continue a empreender no sucesso!
Vamos a isso!

[1] Hoje mais do que nunca

Outras Notícias

Reunião com a Dra. Rejane Lima

Reunião com a Dra. Rejane Lima

Hoje, recebemos a Dra. Rejane Lima, Coordenadora do Curso Preparatório ENCCEJA - Projeto Lisboa, um momento de partilha fantástico onde se perspetivaram Futuros.

European Vocational Skills Week Ambassadors

European Vocational Skills Week Ambassadors

Who and what are the European Vocational Skills Week Ambassadors?Ambassadors are individuals appointed by the European Commission who, through their inspiring professional path, can act as a role model for any young person who might be hesitating about taking a...

Reunião do Conselho de Gerência da Aula de Comércio

Reunião do Conselho de Gerência da Aula de Comércio

Acontece, hoje, dia 18 de setembro de 2020, a Reunião do Conselho de Gerência da Aula de Comércio, Entidade Titular da Escola de Comércio de Lisboa.Contamos igualmente com a Presença da Diretora Financeira do Grupo Ensinus, Dra. Sofia Ferreira. Este é sem dúvida um...

Reunião do Conselho de Administração do INETE

Reunião do Conselho de Administração do INETE

Decorre esta tarde, dia 16 de julho de 2020, a Reunião do Conselho de Administração do INETE com a presença da Directora Financeira, Dra. Sofia Ferreira, da Diretora de Relações Internacionais, Dra. Marta de Almeida Santos, do Grupo ENSINUS e do Assessor da...