A Educação e o mundo

Jun 11, 2019

Desde que me lembro de ser gente que a educação está presente na minha vida em várias dimensões. A primeira e aquela que é transversal a todas as pessoas, ou deveria ser se estivermos atentos aos números e verificarmos que há 175 milhões de crianças que não estão matriculadas na educação infantil, de acordo com o último Relatório da UNICEF “A World Ready to Learn: Prioritizing quality early childhood education”, e que para mim foi determinante na minha história de vida visto que ingressei aos três anos numa escola bilingue e o inglês fazia parte do meu dia a dia, a par do português.

Os meus pais achavam que a fluência em língua inglesa seria fundamental para o meu futuro. Tinham razão! Tive mais sorte que os milhões de crianças que não entraram para a escola na segunda infância (dos três aos seis anos). Simultaneamente o meu pai entrava no mundo da educação e iniciava o seu percurso na criação de instituições de ensino superior e secundário, o que contribuiu para que tivesse desde cedo a perceção de que a educação era algo muito importante para o meu futuro individual e coletivo, enquanto membro duma comunidade que, desde cedo aprendi, deveria ser colaborativa.

Ao longo do meu percurso escolar fui sempre aprendendo a ser e a estar num ambiente multicultural.

Quando terminei a primeira fase dos meus estudos na universidade comecei a trabalhar em educação internacional – International Education – no grupo de educação e saúde, onde ainda hoje exerço as minhas funções profissionais, embora noutra área e noutro nível hierárquico, e tive sempre como grande objetivo levar a missão da nossa organização para outras latitudes e longitudes.

Ao longo de 23 anos participei em múltiplos fóruns, em diferentes continentes, e conheci pessoas de todas as raças, crenças e identidades. Cresci enquanto profissional e principalmente enquanto pessoa. Paralelamente, o meu pai prosseguia de forma resiliente o cumprimento do objetivo de ultrapassar o Bojador e as Tormentas e abria instituições de ensino em comunidades diversas e longínquas, mas unidas pela língua e por valores entrelaçados durante séculos.

Fui assim crescendo a acreditar e a consolidar a crença que só através da educação o mundo se tornará um espaço mais acolhedor, mais justo, igual, equitativo e solidário. Um mundo que por ser diverso precisa duma educação que promova a diferença, que seja disruptiva e que não permita a unicidade e a intolerância ao outro, que é sempre diferente de mim.

Se olharmos para a Declaração Universal dos Direitos Humanos e a interpretarmos de forma literal podemos ser levados a pensar que o clausulado jurídico ali contido é de fácil aplicação pois o previsto no artigo 1.º – “Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade” -, pressupõe uma verdade insofismável, mas que a realidade teima em contrariar todos os dias.

Por isso é que eu pertenço àquele grupo de pessoas que acredita que a educação é o caminho para que o princípio da Dignidade Humana seja uma realidade transversal a todos os continentes. No entanto, isso obriga a um caminho constante em busca do conhecimento através de metodologias e autores globais pois o impacto da nossa ação será proporcional à dimensão da excelência colocada nas nossas aprendizagens.

Para sermos cidadãos do mundo precisamos que a educação formal, não formal e informal seja polvilhada em igual medida pelo local e pelo global!

Teresa Do Rosário Damásio, Administradora do Grupo ENSINUS

Link to Leaders

Outras Notícias

Educar em Portugal e Moçambique

Educar em Portugal e Moçambique

Recomendamos a leitura atenta da Entrevista à Senhora Administradora do Grupo Ensinus, Dra. Teresa Damásio, na Valor Magazine, edição de fevereiro.

Tudo na página 39, boas leituras!

Conselho Consultivo da Escola de Comércio de Lisboa

Conselho Consultivo da Escola de Comércio de Lisboa

Decorreu, hoje, o Conselho Consultivo da Escola de Comércio de Lisboa. Em tempos complexos como os que correm, a importância da partilha de conhecimento é ainda mais relevante, para que todo o processo de ensino seja o melhor para os nossos alunos, bem como para os...

Reunião Geral do Grupo Ensinus

Reunião Geral do Grupo Ensinus

Decorreu, hoje, a Reunião Geral do Grupo Ensinus, para análise da situação vigente. Na segunda-feira, dia 8 de fevereiro, contamos com todos nas nossas Instituições em modo E-learning! Estamos On!

Programa “Horizonte Europa”

Programa “Horizonte Europa”

O programa “Horizonte Europa” lançado hoje, dia 2 de fevereiro, numa sessão a decorrer através da internet, no contexto da Presidência Portuguesa do Conselho da UE e organizada em estreita colaboração com a Comissão Europeia. Acompanhe através do...

Webinar: “Educação em Tempos de Pandemia”

Webinar: “Educação em Tempos de Pandemia”

Dia 5 de fevereiro, pelas 21 horas, convidamos a todas e a todos, a estarem presentes no Webinar: Educação em Tempos de Pandemia, com transmissão via Zoom e em Live na plataforma Facebook. No painel contamos com Dra. Teresa do Rosário Damásio, na qualidade de...